Diego entra para o record dos eliminados com 81,03% dos votos

A ânsia dos internautas e dos confinados chegou ao fim. A noite de terça-feira (20) foi repleta de emoções, mas o resultado oficial foi o já esperada pelas pesquisas, enquetes e apostas de ambos os lados. Diego foi o eliminado com 81,07% dos votos do público.

O apresentador apareceu primeiro para apontar o resultado daquele que havia sido o menos votado, sendo esta a Jéssica. A personal trainer logo saiu correndo e na área externa gritou bastante: “Obrigada Brasil”. Os confinados deixaram explícitos sua indignação, mesmo por parte dos que torciam para Gleici, quanto para aqueles que torciam para Diego.
Quando a loira voltou para sala e se reuniu novamente com os demais para aguardar a eliminação, a acreana parabenizou a mesma pelo retorno.

Mas Tiago voltou e fez um discurso e tanto, pediu para que as pessoas comentassem, primeiro Diego, que disse nunca ter fugido dos paredões, e sentir necessidade de enfrentar esse justamente com quem ele estava enfrentando. Já Gleici apontou esse paredão como um desafio, sabendo que Diego praticamente quis e incitou uma berlinda em que os dois se enfrentam.

Wagner foi em poucos momentos do programa, protagonista, como foi hoje. “A Jéssica ficou em terceiro lugar, porque ela não é a protagonista do jogo”, afirma o artista visual que deixou explícita sua torcida pela affair.

E com um longo discurso de se posicionar, de enfrentar o jogo, de ir para cima, que Tiago Leifert anunciou que Diego estava eliminado. Apesar de ser menos do que suas aliadas Patrícia e Ana Paula, o escritor ainda entrou para o ranking dos mais votados.

Com a sua saída, foi obrigado a deixar um testamento, e este optou por deixar Caruso sem poder ser vetado da prova do Líder na noite de quinta-feira (22).