A primeira prova da comida acontece!!! Saiba como ficou a divisão da casa nessa primeira semana de BBB 16

Depois de uma noite inteira de balada, na manhã desse domingo os Brothers tiveram que levantar muito cedo e com disposição, pois aconteceu a primeira prova da comida dessa edição do BBB 16.  Assim como aconteceu nas edições anteriores, todos os domingos acontecerão as provas para a disputa de estalecas e saber também qual grupo terá mais vantagem na hora das compras. Veja como aconteceu a prova.

A Prova

Como de costume, na prova houve uma divisão de grupos e dessa vez foi em três equipes diferentes. Como já havia uma divisão da última prova do líder, os Brothers decidiram manter os grupos por acharem que a sintonia já estava maior dessa forma. O terceiro grupo foi formado pelos quatro novos moradores da casa.

A prova foi feita por etapas, onde cada um dos grupos cumpria o percurso em seguida. O primeiro time que se ofereceu a iniciar a disputa foi o grupo com os brothers, Renan, Ana Paula, Munik e Laércio.  Logo em seguida o grupo dois entrou em ação com Harumi, Adélia, Maria Claudia e Juliana na sua formação e, por último, foi o grupo dos novatos, Matheus, William, Fernanda e Geralda.

O circuito consistia em os brothers construírem uma ponte com um tipo de ordem cronológica correta, levando em conta alguns fatos históricos que aconteceram e que foram mostrados no painel. Após o final da montagem, um participante de cada grupo seguia com um manual em mãos e checaria se estava tudo correto.

Logo que o cronômetro parasse de contabilizar os segundos, a prova daquele grupo tinha sido concluída. Do contrário, os participantes teriam que descobrir o que estava errado e refazer a montagem do painel. Ganhava o grupo que fizesse toda prova em menos tempo.

O grupo que conseguiu concluir a prova em menos tempo foi o time de Laércio, Renan, Ana Paula e Munik  que juntamente com os vencedores da prova do líder ganharam todos eles 1.100 estalecas. Já os demais que perderam na prova só poderão gastar apenas 300 estalecas no mercado.